A Biblioteca de Obras Raras da Escola de Minas (BIBORAR) é a segunda biblioteca especializada em Engenharia criada no Brasil, a biblioteca mais antiga ainda em atividade em Ouro Preto e a primeira biblioteca da EM.

A BIBORAR guarda o acervo inicial da antiga Biblioteca da Escola de Minas de Ouro Preto (EMOP), estabelecida em 1878, a partir da coleção particular do professor Claude Henri Gorceix (1842-1919), fundador da instituição, doações da École des Mines de Paris e convênio com a editora Gauthier-Villars.

Instalada desde 1897, no salão do Palácio dos Governadores, a Biblioteca da EMOP reuniu ao longo dos anos o que havia de melhor em obras científicas, de viagens, leis, obras de referência e etc. 

Após a incorporação da Escola de Minas à UFOP, em 1969, o acervo foi gradativamente dividido, para formar a Biblioteca do Departamento de Engenharia Geológica e Engenharia de Minas (1972) e a atual Biblioteca da Escola de Minas (1995). 

A primeira Biblioteca da EM foi reinaugurada em 2000, após a execução projetos de revitalização física, organização e restauração dos livros raros, viabilizados pela Lei Rouanet e a Petrobrás, com o apoio da Fundação Gorceix, da Fundação Educativa de Ouro Preto e da comunidade. A Biblioteca recebeu nova denominação e assumiu nova missão. Assim, passou a ser denominada “Biblioteca de Obras Raras Professor José Pedro Xavier da Veiga”, em homenagem ao ex-aluno, docente e bibliotecário da EM, ou simplesmente “Biblioteca de Obras Raras da Escola de Minas”. Sua missão é salvaguardar, organizar e preservar o acervo original da primeira Biblioteca da EM.


Atualmente, a BIBORAR reúne cerca de 22.000 volumes de publicações técnico-científicas nas áreas de ciências puras, naturais e aplicadas, que incluem livros e periódicos raros, enciclopédias, guias, manuais e legislação, editados entre os séculos XVII ao XX, com predominância de obras do século XIX, em língua francesa. A Biblioteca guarda ainda duas coleções especiais: a Coleção Carlos Walter e a Coleção Ex-alunos da Escola de Minas, acervos particulares de renomados profissionais que passaram pela instituição. O Laboratório de Conservação Preventiva de Materiais Gráficos “Eng. Cássio Elysio F. Damásio” é o setor responsável pela conservação de todas as coleções da BIBORAR.